Ansiedade
  Postado em 21/06/2016
 

Podemos dizer que um dos grandes problemas que enfrentamos diariamente é a ansiedade, talvez o tipo mais amplo seja de preocupar-se demais com as coisas do dia a dia, grandes ou pequenas. Isso nos leva constantemente à problemas de saúde mental e física e pode gerar um stress cada vez mais constante do indivíduo, impactando nos seus relacionamentos pessoais e profissionais.

A ansiedade surge porque colocamos muitas expectativas em eventos futuros. Um encontro ou reencontro com alguém que você ama (ou não), uma meta a ser alcançada, um possível emprego, etc. É preciso diferenciar planejamento de metas e ansiedade. Planejar seu dia a dia ou mesmo seu possível futuro profissional ou pessoal deve ser algo natural, mas gerar uma expectativa que leve a um nível de ansiedade impactante é extremamente prejudicial à saúde. Faça planos e utilize seu foco em conseguir seus objetivos, não se desespere. Se você tem os recursos necessários para atingir esses objetivos, coloque-os em prática, se não os têm busque-os. Depois de se esforçar o suficiente, descanse! Procure não ficar ansioso (a). Existem coisas nesse universo que você pode controlar, outras não. Você pode almejar aquele emprego dos sonhos, preparar-se para a entrevista com esmero, fazer tudo certo e não passar pelo crivo do seu entrevistador, absolutamente normal. Ou pode tentar conquistar a mulher ou homem dos seus sonhos e no final ele ou ela não ter o mesmo interesse. São apenas alguns exemplos, evidentemente existem inúmeros. O ponto é: para que tanta ansiedade? Você com um elevado nível de ansiedade vai poder mudar um evento futuro? As pessoas no intuito de minimizar a ansiedade (quando não recorrem a remédios) passam a acreditar em inúmeras coisas: adivinhos, mapas astrais, explicações do além, etc. O comércio está cheio de pessoas cada vez mais espertas ou oportunas para lhe dar falsas esperanças em busca de uma parte do seu dinheiro, sempre na busca de ter certeza de um evento futuro você acaba gastando, porque quer. Só existe um momento: o momento presente! Aproveite esse momento presente para fazer planejamentos e melhorar seu foco, mas não se desespere e nem sofra pelo que ainda não ocorreu. Sua ansiedade em coisas que você nunca terá certeza de que vão de fato acontecer pode levar você à uma debilidade física e mental. Seja inteligente! Use sua fé e descanse! O que tiver que ser será!

 

Compartilhe este Artigo