Motivação e Sucesso
  Postado em 16/05/2016
 

Certamente você resolveu ler esse artigo pelo título, não é mesmo? Essas duas palavras chamam muita atenção e muitos palestrantes as utilizam com o propósito de alavancar seus próprios negócios. Claro que cada pessoa ganha dinheiro com o que acha conveniente, mas vamos juntos pensar a respeito.

Palavra MOTIVAÇÃO - Eliminando os velhos jargões etimológicos, pense comigo: Você consegue viver 100% motivado durante um mês? E uma semana? Se você disser que SIM, parabéns! Provavelmente você não é humano. Nós, seres humanos, temos uma tendência natural de altos e baixos. Tudo é absolutamente normal. Somos afetados tanto pelas questões internas ( balanço hormonal, condições do corpo, etc) quanto pelas externas ( temperatura, condições financeiras etc.). Você deve-se preocupar caso a desmotivação dure muito tempo. Se essa for sua situação, procure um psicólogo ou psiquiatra. Caso contrário, vou lhe dar algumas dicas para que você enfrente o período de “baixa” autoestima. 1) Não leve as coisas “negativas”que acontecem na sua vida tão a sério, afinal de contas você não consegue controlar 100% dos fatos que acontecem ou acontecerão com você; 2) Conheça-se: o autoconhecimento é fundamental para você saber como reagir nos momentos difíceis; 3) Cuidado com suas crenças limitantes, por exemplo: eu não tenho sorte, eu sou um desastre, eu não vou conseguir, etc. Toda vez que você diz a si mesmo (a) que o seu dia será ruim ou que você não é merecedor de uma benção, automaticamente seu cérebro projetará acontecimentos ruins; 4) Aconteceu algo desagradável? Não diga que você tem um PROBLEMA, substitua pela palavra DESAFIO. Você não tem um PROBLEMA, você tem um DESAFIO! E foque nesse desafio, procurando soluções!; 5) Pare de se vitimizar/reclamar, você não é o único que sofre; reclamar e vitimizar-se não trará soluções; 6) Esqueça as más experiências do passado, o passado PASSOU, ficar remoendo só lhe trará problemas de saúde (ainda não observou que pessoas que vivem do passado sofrem constantemente de doenças? – procure e observe); 7) Agradeça. Isso mesmo; agradeça! A gratidão abre um leque de oportunidades na sua vida. Comece o dia agradecendo a Deus por estar respirando e durma agradecendo por continuar vivo!

Palavra SUCESSO – Para você o que é ter sucesso? Ter um bom emprego? Talvez o carro do ano? Ou o marido ou mulher dos seus sonhos? Se você respondeu que são todas essas coisas ou parte delas, não julgarei você. Mas reflita comigo: você precisa mesmo ter tantas coisas materiais para ter o chamado SUCESSO? Precisa mesmo que alguém diga nas redes sociais : você é um vencedor (a)? Você busca todas essas coisas para você sentir-se bem ou para impressionar aos outros? Não estou dizendo que você não necessite de conforto ou estabilidade financeira, não é isso. O fato é que grande parte das pessoas vivem em busca de um SUCESSO que está apenas na cabeça da mídia, da televisão, padrões que não são seus, padrões fabricados e estrategicamente projetados por alguém de que precisa convence – lo (a) disso para ganhar dinheiro (o seu !). Padrões do corpo perfeito, da mulher ou homem ideal, do emprego de “sucesso” e muitos outros. E as “receitas” vão desde as “simpatias” até aos treinamentos mais especializados. E quando você não consegue? Então, se sente um(a) fracassado(a), um (a) desafortunado(a) . Acorde, caro leitor (a)! Seja você mesmo (a). Não busque padrões ilusórios!

Sugestão: destaque-se no seu trabalho, adquira bens materiais, mas não coloque seu coração nessas coisas. Elas não permanecem (ainda não percebeu?). Se alguém o (a) elogiar não o (a) fará uma pessoa melhor (e algumas vezes alguns elogios não passam de bajulações hipócritas). Além disso ter muito dinheiro não evitará que você fique resfriado (a) ou não pegue alguma doença. Ou seja: você, eu, todos nós somos seres vulneráveis!

Tenha sonhos (e corra atrás!), organize-se, planeje e com certeza você alcançará suas metas ( no tempo certo! ). Viver já é uma aventura. Entretanto, procure se conectar com o seu lado espiritual, independentemente da religião que professa. Você não é somente corpo físico. E novamente gratidão: agradeça a Deus por tudo que tem e pelo que você é. Você já nasceu um SUCESSO!

Prof. Dr. Jairo Roberto M. Lyra
Diretor FACOL/ISEOL
Especialista em Programação Neurolinguística
Coach Profissional e Palestrante


 

Compartilhe este Artigo