Existe muito mito e superstições acerca da hipnose e por conta disso algumas pessoas tem medo de falar sobre o assunto. Mas na vida diária já se produzem estados de hipnose que não são percebidos porque parecem um estado normal da mente. Por exemplo: quando sonhamos acordado ( é o primeiro nível em um estado de transe), quando você está lendo um livro de forma muito concentrada (ou mesmo vendo um filme com muita atenção) ou aquele estado de sonolência antes de dormir.

Podemos então definir a hipnose como sendo um estado de concentração incrementada, clarificando a mente e eliminando toda a negatividade na qual sugestões se realizam com uma potência muito maior da que é possível em condições normais. Ou seja: a hipnose capacita você a enfocar seu objetivo com exatidão.

Muitos são os benefícios da hipnose, dentre eles podemos citar: no tratamento da obesidade e transtornos alimentares, no tratamento de fobia social, fobias específicas (medo de aranhas, escuro, altura, palhaços, etc.), doenças psicossomáticas em geral, tabagismo, transtorno de estresse pós-traumático, ansiedade, distúrbios do sono, etc.

O verdadeiro trabalho do hipnólogo é o de ajudar o paciente a entrar mais rapidamente no processo de transe hipnótico. É mito pensar que o hipnólogo fica com o “domínio”da pessoa. O que vemos em Shows de hipnólogos de palco são demonstrações de que os comandos pós hipnóticos de fato funcionam mas, nesses casos a duração é muito curta e logo o efeito se acaba, tendo apenas o objetivo de entretenimento, não havendo nenhum dano para a pessoa hipnotizada.

Tanto na Hipnose Clássica quanto na Hipnose Eriksoniana é comum o paciente continuar a ouvir a voz do Hipnólogo que conduz o mesmo à uma viagem ao seu próprio interior. A cura ou resolução do problema é um trabalho puramente interior. O ser humano já possui dentro de si mesmo todas as ferramentas necessárias para seu desenvolvimento pessoal.

Minhas habilidades e formação como Hipnólogo devem-se a três grandes ícones da Hipnose Internacional: Dr. Stephen Paul Adler, do Act Institute, uma autoridade mundial em Hipnose Ericksoniana; Dr. Jairo Mancilha do Instituto Milton Erickson do Rio de Janeiro e Fabio Puentes um dos maiores hipnólogos da America Latina; com cada um deles eu pude conhecer o universo da Hipnose.